Publicidade

Convivência

Crianças são proibidas de brincar de amarelinha em condomínio no Reino Unido


Postada em 21/06/2019 às 09:55
Por Revista Área Comum

Pixabay

Uma determinação inusitada deixou condôminos revoltados no Reino Unido. A imobiliária Spiers Gumley, responsável por administrar um condomínio em Bishopbriggs, na Escócia, proibiu que as crianças brincassem de amarelinha nas calçadas. Isso porque, segundo ela, as marcas de giz estavam prejudicando a aparência da propriedade.


A comunidade recebeu a ordem por meio de carta. Moradores alegaram que a diversão dos pequenos não prejudica ninguém e que a chuva se encarrega de limpar as marcas no chão. Alguns classificaram a normativa como “tentativa de repressão” e “absurda”.


Na carta, a imobiliária também solicitou aos moradores que parassem de deixar as bicicletas e os brinquedos das crianças em uma área gramada, já que estariam obstruindo os paisagistas. 


Após a repercussão negativa, entretanto, a imobiliária decidiu se retratar e disse a uma publicação do Reino Unido que a carta foi escrita em mau juízo, que "o senso comum deveria ter prevalecido" e que faltou sensibilidade por parte dela mesma para tratar o caso.


Publicidade

Buscar
Conecte-se