Publicidade

Legislação

Como combater a inadimplência nos condomínios


Postada em 22/07/2019 às 11:38
Por Revista Área Comum

Pixabay

A inadimplência é um problema sério que afeta os cofres de muitos condomínios, desestabilizando sua saúde financeira. Para tentar escapar dessa situação, listamos cinco dicas valiosas. A consultoria é de Sérgio Craveiro, presidente da Conasi (Confederação Nacional de Síndicos). Confira!


1. Prazo bancário: coloque no boleto bancário o prazo de pagamento. Aconselha-se escolher o último dia útil de cada mês.


2. Encaminhe ao jurídico: passe todas as informações para o advogado para que ele possa fazer a cobrança extrajudicial se necessária.

3. Apresente no demonstrativo a relação dos valores que não entraram na conta: coloque os inadimplentes a cada mês. A relação de nomes pode ser divulgada sim, desde que aprovada em assembleia, de modo que se coloque o número do apartamento, o mês de referência e o valor que deixou de entrar.

4. Não tire juros e multas: quando for cobrar o condômino, jamais retire os juros e a multa. A correção bancária pode ser excluída, desde que o condômino pague à vista. Não coloque muitas parcelas, no máximo seis.

5. Aumente os juros por atraso: o código civil possibilita essa prática. É possível elevar os juros moratórios cobrando 5% a 8% ao mês.