Publicidade

Acidentes

Após apartamento pegar fogo, 40 unidades são interditadas


Postada em 05/11/2019 às 09:42
Por Revista Área Comum

Divulgação/Corpo de Bombeiros

Quarenta apartamentos de um condomínio residencial no bairro Belvedere, em Montes Claros, Minas Gerais, foram temporariamente interditados pelo Corpo de Bombeiros e Defesa Civil nesta segunda-feira (4). Isto porque uma unidade no último andar de um dos blocos pegou fogo na noite do último domingo (3).


De acordo com a Corporação, o incêndio começou em um dos quartos e se alastrou para os outros cômodos, destruindo móveis e utensílios domésticos. O gesso do teto desabou e canos da tubulação de água foram estourados, inundando o apartamento em questão e outros imóveis, o que obrigou a interdição.



Os Bombeiros afirmaram que o condomínio estava com o AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros) em dia e os extintores também estavam dentro do prazo de validade. No entanto, o hidrante de recalque, que ao ser pressurizado leva água aos hidrantes internos de cada apartamento, não funcionou. Foram usados então cerca de 5 mil litros do caminhão auto bomba para 40 minutos de trabalho, até que as chamas foram extintas. Não houve feridos.


A Defesa Civil informou que o condomínio precisará contratar um profissional habilitado que irá fazer um laudo técnico atestando a segurança do prédio para que os moradores possam voltar às suas residências. A MRV, construtora responsável pelo empreendimento, afirmou que entregou a obra há quatro anos após vistoria do Corpo de Bombeiros, que emitiu o AVCB, e que está acompanhando a perícia junto ao síndico para analisar as causas do incêndio assim como estudos para dimensionar se houve danos na estrutura do edifício.