Publicidade

Tecnologia

Armários digitais trazem comodidade para o condomínio


Postada em 05/11/2019 às 10:26
Por Caroline Garcia

Divulgação

A tecnologia inteligente chegou para ficar.O desenvolvimento digital está mudando o dia a dia do ser humano, que passa 24 horas online. Sair de casa para adquirir alguma mercadoria já não é realidade para muita gente. De acordo com o estudo Webshoppers 2019, realizado pela Ebit/Nilsen, 36% da população brasileira é compradora digital.


Para acompanhar esse movimento, algumas empresas já se adaptaram para entender a necessidade do usuário, que, apesar de estar sempre conectado, passa grande parte de seu tempo fora de casa, o que o impossibilita de receber as encomendas que adquiriu via e-commerce.


Essa demanda vem sendo atendida cada vez mais pelos armários digitais, conhecidos também como lockers, que estão sendo instalados em condomínios residenciais e comerciais principalmente de grandes metrópoles como a cidade de São Paulo. Funciona basicamente da seguinte forma: o cliente baixa o aplicativo da empresa detentora do locker, faz a compra e paga pela plataforma e a encomenda é entregue diretamente no armário em seu prédio. O usuário recebe, então, a informação sobre o compartimento em que está seu produto junto da senha ou QR Code que utilizará para abrir a porta.


Com as empresas parceiras credenciadas, a Limelocker disponibiliza os serviços de lavanderia, sapataria, chaveiro, reparos, farmácia e alimentação. “Por meio dos lockers prestamos aquilo que chamamos de serviços de comodidade, porque o nosso cliente não precisa sair de sua casa para lavar roupas, comprar remédios, pedir comida e receber compras de e-commerce”, diz Geraldo Luiz Yoshizawa, fundador da empresa.


De acordo com o idealizador da Limelocker, há 300 condomínios em São Paulo que disponibilizam o serviço dos armários digitais, sendo que 85% são comerciais e 15% são residenciais. “O foco é expandir o mercado para os prédios residenciais, onde a comodidade para o usuário é a maior possível”, conta Yoshizawa.


Percebendo a necessidade de mercado, a 5àsec também desenvolveu armários digitais para serem implantados em condomínios, centros comerciais e academias. Este modelo é exclusivo para serviços de lavanderia. “A ideia surgiu graças a uma necessidade dos próprios franqueados, que buscavam a abertura de pontos de coletas dentro de condomínios para atendimento em horários alternativos.



Além disso, supre uma demanda dos moradores de apartamentos menores e que não contam com espaço para lavanderia”, afirma Alex Quezada, diretor comercial da 5àsec. Toda a comunicação também é feita via aplicativo,assim como o pagamento. De acordo com a lavanderia, a devolução dos itens é realizada em até 48 horas. Os preços são os mesmos praticados nas lojas físicas, sem taxas adicionais nem cobrança de delivery para o usuário.


O investimento para a implantação do armário, segundo Quezada, fica por conta do franqueado da 5àsec e não é cobrado nada do empreendimento. “Como se trata de um projeto novo, lançado recentemente, estamos disponibilizando os armários aos poucos. Os primeiros lockers serão implantados em condomínios localizados nos bairros Cidade Monções e Jardim São Luís, ambos na Capital paulista.Todos eles residenciais”, diz o diretor comercial.


Já para instalação dos armários da Limelocker é cobrada do condomínio uma taxa de, no mínimo, R$ 350, dependendo do tamanho do equipamento. “Hoje há uma certa demora, entre 30 a 60 dias, para a implementação devido à demanda”, explica Yoshizawa.


O síndico Rodrigo Lobo, do Condomínio Edifício Vision Brooklin, no bairro Cidade Monções, autorizou a colocação de um armário da Limelocker no empreendimento de alto padrão que tem cerca de 800 moradores. “Eles adoraram. Se tirar o armário de lá é capaz de eu apanhar. A comodidade e rapidez hoje são tendências que vieram para ficar. O perfil dos condôminos, no entanto, precisa coincidir com a tecnologia. Não adianta o gestor querer implantar algo novo em um prédio no qual os moradores não são tão antenados.”


A crítica que Lobo faz é quanto ao investimento e problemas estruturais pontuais dos armários. “Às vezes algumas portas emperram e o touch para de funcionar. Mas toda manutenção fica por conta deles (Limelocker) e não é cobrado à parte. O problema maior é em relação ao custo da implementação. Administro mais de 20 condomínios, inclusive empresariais, e sei por experiência própria que quando o assunto envolve dinheiro é muito provável que seja barrado em assembleia. Minha sugestão é que o serviço fosse gratuito”, pontua.


Até o final de 2020, a 5àsec estima a instalação de ao menos 100 lockers em diferentes estados brasileiros. Já a Limelocker espera chegar a 1.000 armários em nível nacional até a metade do próximo ano.


Para solicitar a instalação dos armários da 5àsec é preciso mandar um e-mail para [email protected] ou pelo 0800 105 0505. Já para entrar em contato com a Limelocker é só ligar no 3819 9507 ou pelo e-mail [email protected]


 


Clique aqui para fazer o download gratuito da revista.