Publicidade

Casos de polícia

Assembleia de condomínio acaba em briga por causa de procurações


Postada em 14/11/2019 às 09:28
Por Revista Área Comum

Reprodução

Uma assembleia que iria escolher o novo síndico do Centro Médico do Vale, complexo onde atendem mais de 100 profissionais de saúde no bairro do Canela, em Salvador, terminou em pancadaria e bate-boca na quarta-feira (6). Uma mulher afirmou ainda ter sido agredida pelo gestor do prédio, o médico Paulo Tavares, e outros participantes.


Cerca de 80 pessoas estavam na reunião do condomínio, onde duas chapas concorriam à eleição. De acordo com condôminos, o síndico, que disputava a reeleição, apresentou procurações em nome de outros proprietários. A oposição desconfiou dos documentos e deu-se início à confusão. Até uma mesa de plástico chegou a ser arremessada.


A mulher que disse ter sido agredida é funcionária do prédio, mas preferiu não se identificar. Sua defesa afirmou que ela está “extremamente abalada” com o ocorrido. Já a advogada do síndico afirmou que ele somente se defendeu de uma agressão.


A eleição foi suspensa e o caso está sendo investigado pela polícia, que está com as imagens da câmera de segurança que registraram a confusão.


No mês de outubro, nosso colunista Marcio Rachkorsky falou sobre “A farra das procurações”. Confira o texto aqui.