Publicidade

Questões fiscais

PIB da construção civil deve encerrar 2019 com crescimento de 2%


Postada em 10/12/2019 às 08:53
Por Revista Área Comum

Pixabay

O PIB (Produto Interno Bruto) da construção civil deve fechar o ano de 2019 com crescimento de 2%, altamente puxado pelo consumo das famílias, segundo o SindusCon-SP e a FGV (Fundação Getúlio Vargas). Interrompe-se, assim, um ciclo de cinco quedas seguidas.

De acordo com a pesquisa, o crescimento do setor se alicerçou fortemente nos segmentos de autoconstrução e reformas (+3%), serviços especializados (+2,5%) e infraestrutura (+1%).

Para Odair Senra, presidente do SindusCon-SP, o setor de edificações deve ficar estável em relação a 2018, pois a alta das vendas do mercado imobiliário somente começou a impactar os indicadores da atividade nos últimos meses do ano.

Por sua vez, Eduardo Zaiden, vice-presidente de Economia da entidade, ressaltou a importância de se manter o Minha Casa, Minha Vida em pleno funcionamento. Segundo ele, o programa se mostrou eficaz na diminuição do déficit habitacional e, na crise, acabou sendo responsável pela construção da maioria dos empreendimentos imobiliários.

De acordo com a FGV, para 2020, a perspectiva é que o PIB da construção cresça 3%.