Publicidade

Entrevista com personalidade

Presidente do Secovi-SP olha para mercado imobiliário com otimismo


Postada em 03/02/2020 às 10:38
Por Marília Montich

Divulgação

O mercado imobiliário na cidade de São Paulo vem apresentando melhora gradativa, segundo o presidente do Secovi-SP (Sindicato da Habitação de São Paulo), Basilio Jafet. Uma boa notícia para começar o ano com esperança redobrada, não é mesmo? O movimento começou no fim de 2018 e se consolidou no ano passado. A retomada da economia explica esse cenário, como revela o eleito para comandar o órgão no biênio 2020-2022.


“Os bons números registrados pela Pesquisa Secovi-SP do Mercado Imobiliário mostram uma forte recuperação de lançamentos e vendas de novas unidades residenciais. Esse comportamento é reflexo do ambiente econômico, que tem apresentado indicadores positivos em termos de PIB (Produto Interno Bruto), geração de emprego, inflação sob controle e baixas taxas de juros”, afirma Jafet.


O presidente ressalta que o setor da construção civil se destacou com o crescimento de 1,9% no PIB no segundo trimestre em relação ao primeiro trimestre do ano e gerou mais de 120 mil novos postos de trabalhos formais.


Se as perspectivas para o futuro a nível municipal e nacional são boas, em relação ao próprio Secovi são melhores ainda. Desafios não faltam. “Nosso setor está se reinventando rapidamente e temos que estar na vanguarda desse processo, participar ativamente e ser protagonista das mudanças do setor”, diz Jafet.


A ideia inicial é manter o foco de trabalho no aperfeiçoamento da legislação urbanística da Capital paulista. “Para tanto, acompanharemos a tramitação do Projeto de Lei de calibragem da lei de zoneamento, que está em vias de ser encaminhado para apreciação na Câmara dos Vereadores. Essa proposta pretende corrigir alguns aspectos da lei em vigor, a fim de que, em 2020, os empreendedores imobiliários possam lançar produtos diferenciados, em grande volume, para atender às inúmeras demandas existentes.”


Jafet pretende ainda desenvolver estudos e propostas visando a revisão do PDE (Plano Diretor Estratégico), que terá de ser feita, obrigatoriamente, em 2021. “Precisamos de um Plano Diretor desvinculado de ideologias e que coloque a cidade, definitivamente, no século 21. Ele precisa ter foco urbanístico, aproveitar a infraestrutura existente na Capital, estimular o bom adensamento na cidade, contribuir com a mobilidade, deixando de expulsar a população para as franjas da cidade ou para outros municípios.”


Qualificação em foco - A UniSecovi, criada em maio de 2001, é um braço importante da entidade que investe em atualização profissional. Mais de 24 mil pessoas já se tornaram alunos. Gerentes, auxiliares, síndicos, empregados de condomínios, diretores e proprietários de empresas de incorporação, loteamento, imobiliárias e administradoras de condomínio são o público-alvo.


“Os cursos e treinamentos oferecidos pela universidade corporativa do Sindicato da Habitação contribuem para o aprimoramento e a qualificação de profissionais e empresários ligados aos mais diversos segmentos do mercado imobiliário. Desde a sua criação, a UniSecovi assumiu a vanguarda na difusão de conhecimento e democratização da informação, inclusive internacionalmente, por intermédio dos vários convênios com instituições dos Estados Unidos e da Europa”, afirma o presidente do Secovi-SP.


 Você já leu a edição de feveiro? Temos novidades. Confira aqui.