Cachorro morre e mulher fica ferida após ataque de capivaras

Animais Santa Catarina
Arquivo pessoal

O cachorro Pitu, seu filhote, Freddy, e a tutora Marcella Rebello Cozer foram atacados por capivaras enquanto passeavam na área verde do edifício onde moram em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, no último domingo (19). Pitu foi mordido e a dona, de 25 anos, tentou defendê-lo e também acabou ferida. O cão morreu na terça-feira e a jovem precisou levar 23 pontos.

Marcella conta que andava com Fred na guia e com Pitu no colo. Ela soltou o mais velho, que saiu correndo. De repente, ouviu um rosnar e percebeu a presença de cinco capivaras. Duas atacaram seu animal de estimação e ela imediatamente tentou defende-lo. Acabou sendo mordida por outras duas.

Ferida, a jovem conseguiu pegar o maltês no colo e o entregou para a sua mãe para que ela o levasse para um hospital veterinário. As capivaras fugiram.

Segundo Marcella, ele não percebeu na hora que estava ferida. Seu pai, no entanto, a levou para o hospital. Lá, ela levou 20 pontos na coxa e três na canela. Vacina antirrábica também teve de ser administrada.

Pitu, que faria 12 anos no próximo dia 31, ficou ferido por mordidas e também levou pontos. Porém sofreu uma parada cardiorrespiratória dois dias depois e não resistiu.

Deixe um comentário