Ex-moradores e proprietários não chegam a acordo sobre indenização

Acidentes Ceará
Reprodução/Google Maps

O Edifício Benedito Cunha, no bairro de Maraponga, em Fortaleza, no Ceará, desabou parcialmente em junho deste ano e, por ter sua estrutura comprometida, precisou ser demolido cerca de um mês depois. Até agora, os 11 ex-moradores do prédio e os proprietários não chegaram a um acordo sobre indenizações.

As vítimas entraram na Justiça com um processo coletivo e uma audiência de conciliação foi realizada no início de novembro, mas não houve consenso. Os ex-moradores estão pedindo R$ 2,2 milhões pelos prejuízos sofridos e os dois irmãos que são donos do empreendimento alegam não ter essa quantia.

A defesa dos proprietários informou que os valores solicitados fogem das condições financeiras dos irmãos e que eles estão abertos ao diálogo. Já o advogado representante dos ex-moradores disse que a expectativa é que as partes cheguem a um acordo. Ainda não há uma nova data da próxima audiência.

Deixe um comentário