Gatos são encontrados mortos em condomínio do Rio de Janeiro

Animais Rio de Janeiro
Freepik

Mais de 30 gatos foram encontrados mortos na Gávea, zona sul do Rio de Janeiro. As mortes ocorreram após discussões dos moradores sobre a permanência dos animais nas áreas comuns do condomínio. A Polícia Civil ainda está investigando o caso.

Antes do ocorrido, o síndico, Felipe Ribeiro, tentou entrar em acordo com todos os condôminos sobre o destino dos gatos, além de pedir ajuda da Subem (Subsecretaria de Bem-estar Animal), que, por sua vez, disse que os animais não poderiam ser retirados do local. E foi a partir daí que as mortes começaram a surgir. A suspeita é de envenenamento.

As investigações da delegacia da Gávea ainda estão em andamento e exames determinarão a causa das mortes. Caso seja confirmado o envenenamento, pode representar um crime ambiental. Além disso, o risco também se estende às crianças do condomínio.

Os maus-tratos contra animais no Rio de Janeiro podem ser denunciados via 1746.

Deixe um comentário