Jovem mata irmão com tiro acidental em condomínio de luxo

Casos de polícia Goiás
Pixabay

Um adolescente de 13 anos matou o irmão de 12 anos com um tiro disparado acidentalmente dentro de casa em um condomínio de luxo em Anápolis, em Goiânia. O caso aconteceu na terça-feira (3).

De acordo com a polícia, os irmãos estavam brincando quando o maior resolveu ir até o quarto dos pais testar se a combinação que tinha visto o pai fazer abriria o cofre onde estava a arma.

O cofre abriu e o menino começou a manusear o revólver acreditando estar descarregado. A arma então disparou, atingindo o garoto de 12 anos no tórax. O jovem prontamente pediu ajuda a empregada da casa e aos vizinhos. Os pais não estavam.

Um bombeiro que mora ao lado prestou os primeiros socorros enquanto aguardava pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Assim que chegaram os socorristas já atestaram a morte do menino.

Segundo o pai, a arma é herança de família, tem mais de 100 anos e é considerada item de colecionador e por isso não foi registrada. Ele disse às autoridades que não sabia que o filho tinha memorizado a combinação do cofre.

De acordo com a polícia, o homem pode ser indiciado por posse ilegal de arma. Já o garoto de 13 anos responderá por ato infracional análogo ao crime de homicídio culposo, onde não há intenção de matar.

A empregada da casa e outras testemunhas serão chamadas para depor. A polícia tem um mês para concluir a investigação.

Deixe um comentário