PM é esfaqueado depois de briga por conta de churrasco

Casos de polícia São Paulo
Pixabay

Um PM (Policial Militar) foi esfaqueado por um carteiro que reclamava de um churrasco que a vizinha dele – namorada do agente – fazia na casa dela em Itaquaquecetuba no último sábado (31). O homem foi preso.

Segundo informações do BO (boletim de ocorrência), policiais militares que atenderam o chamado contaram que foram informados que o suspeito, 55 anos, discutiu com a namorada do policial. Ao tentar dialogar com o homem, a vítima, 45 anos, foi esfaqueada na altura do coração.

O crime aconteceu em frente à casa da namorada do policial, mas, de acordo com os policiais, parecia que o local havia sido limpo. A arma usada na ação foi entregue às autoridades pela esposa do suspeito. No entanto, também não tinha vestígios de sangue.

A namorada do policial disse que o carteiro entrou na casa dele gritando “esse nóias ficam fazendo bagunça” e, depois, a teria ofendido e também aos seus convidados.

O policial tentou conversar com o carteiro e desarmá-lo, porém acabou ferido.

Já o suspeito contou à polícia que chegou em sua casa por volta das 19h e que havia uma festa no entorno. Ele afirmou que há uma norma no condomínio determinando o encerramento de comemorações às 17h. Ele, então, teria ido reclamar e quatro pessoas o teriam agredido e tentado invadir sua residência. Por isso, em legítima defesa, proferiu o golpe.

A vítima foi levada para um hospital na Capital. Não há informações sobre seu estado de saúde. 

Deixe um comentário