Porteira é morta a tiros por vigilante em condomínio de luxo

Casos de polícia Mato Grosso
Pixabay

A porteira de um condomínio de luxo em Rondonópolis, em Cuiabá, Renecleia Aparecida Bispo, de 41 anos, morreu após ser baleada durante o trabalho nesta terça-feira (24).

Segundo a polícia, o suspeito do crime também trabalhava no local como vigilante, mas não estava no horário do expediente.

Testemunhas disseram às autoridades que o vigilante chegou de moto na portaria e efetuou os disparos contra Renecleia. Ela foi socorrida e encaminhada para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito conseguiu fugir. Ainda não se sabe o que motivou o crime.

Deixe um comentário