Três irmãs são presas por vender casas de condomínio falso em Manaus

Amazonas Casos de polícia

Pixabay

Três irmãs foram presas suspeitas de vender casas na planta de um condomínio falso na Zona Oeste de Manaus, no Amazonas.

Clientes que adquiriram as prometidas casas aguardavam a entrega no fim de 2018, o que não aconteceu. As vítimas, então, denunciaram o caso à polícia.

De acordo com as autoridades, as irmãs compraram o terreno e parte do pagamento foi feito com cheques sem fundo. O delegado adjunto da Derfd (Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações), Demetrius Queiroz, explicou que as irmãs conseguiram o terreno por R$ 10 milhões, mas pagaram apenas R$ 500 mil.

As casas eram oferecidas no valor de R$ 300 mil a R$ 400 mil. As vendas ilegais giraram em torno de R$ 2 milhões.

As irmãs devem responder pelo crime de estelionato.

Deixe um comentário